terça-feira, novembro 24, 2015

ANIMAIS EM PERIGO

Algumas espécies de animais correm perigo de extinção, alguns mais conhecidos como os leões, outros menos como os gaviais, algumas correm mais perigo de extinção como os tigres, outras menos como os pandas. Mas devemos cuidar de todas elas.
Todas essas espécies só estão em perigo de extinção por causa da ação humana que são queimadas, desmatamento, poluição, caça ilegal e introdução de espécies que não são nativas do lugar. Veja abaixo algumas das consequências dessas ações:
Introdução de espécies que não são nativas do lugar: alguns casos morte de espécies nativas, doenças e desequilíbrio no ecossistema. Como evitar: se você tiver em casa animais que não são nativos do lugar que você mora não os deixe fugir e se for mandar para alguém os prenda bem e os mande seguros. Mas se você receber os animais no aeroporto não saia sem um fiscal os verificar para que eles não escapem e não ocorram acidentes. Como conter: sempre que vir uma espécie invasora chame especialistas ou não mate espécies nativas que a coma. Exemplo: caramujo africano está trazendo várias doenças e teiús podem comer esse caramujo.
Queimadas: morte de seres vivos por asfixia ou queimaduras, incêndios, destruição do habitat de plantas e animais. Como evitar: se você perceber uma chama a apague, não bote fogo na floresta, no campo, ou em outro lugar com árvores, ou onde o fogo possa prosperar. Como conter: se você ver muito fogo chame os bombeiros. Exemplo: algumas roças são feitas a partir de colocar fogo em um terreno e utilizá-lo e quando o solo não está mais fértil o terreno é abandonado, o que causa muita destruição.
Desmatamento: destruição do habitat de animais, morte de seres vivos. Como evitar: não cortando árvores ou arrancando alguma árvore do chão. Como conter: reflorestando, pois assim a floresta vai ter as árvores de volta. Exemplo a Amazônia atualmente é muito desmatada. Obs: não plante espécies invasoras, porque prejudicará as espécies nativas.
Caça ilegal: causa morte de animais e desequilíbrio no ecossistema. Como evitar: não matando os animais. Como conter: criando programas de conservação de determinada espécie. Exemplo: uma espécie da Oceania foi extinta por caça ilegal. 
Poluição: existe poluição das águas, do solo e do ar:
Poluição das águas: causa doenças, destruição de ecossistemas marinhos e morte de peixes e outros animais. Como evitar: não jogar lixo ou lançar esgoto não tratado no mar, rio ou qualquer outro lugar com água. Exemplo: a Baía de Guanabara está muito poluída.
 Poluição do solo: doenças, morte de seres vivos, desequilíbrio de ecossistemas. Como evitar: não jogando lixo ou esgoto no chão. Exemplo: Mariana em Minas Gerais
      Poluição do ar: causa doenças, contaminação do ambiente e morte de seres vivos. Como evitar: colocando catalisador no escapamento de indústrias e veículos. Exemplo: a cidade de Cubatão. 
Podemos salvar os animais não os matando, criando centros de conservação, não os colocando em habitats que não são de sua origem, acabando com a caça ilegal e desmatamento.
          
Se você tem um animal de estimação o alimente e de a água regularmente. E de também muito carinho.


Escrito por: João Antonio Espindola Teixeira (aluno do NAAH/S).
      

Nenhum comentário:

Postar um comentário